Associação do Teatro D. Maria Pia

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADLRA/ASS/ATDMP
Title type
Formal
Date range
1861 Date is certain to 1995 Date is certain
Dimension and support
24 cx.
Extents
24 Caixas
Biography or history
A 26 de Maio de 1877 reuniu-se na sala da Assembleia Leiriense um vasto número de personalidades leirienses que se propunha «construir um teatro em bom local, que seja sólido, sem luxo e acomodado às necessidades da terra», para o que foi nomeada uma comissão edificadora cuja missão seria a de escolher o terreno, formulasse a planta e fizesse o orçamento da despesa. Presidiram a esta comissão o Dr. António Rino Jordão e depois o Barão do Salgueiro. Este novo teatro propunha-se substituir o velho Teatro de S. Pedro, velho, perigoso e fora de mão.

Em 3 de Outubro de 1878, foi lançada a primeira pedra para a construção do Teatro D. Maria Pia, junto à Rua de Sant'Ana. A autorização para designar o novo teatro com o nome da rainha D. Maria Pia data de 23 de Maio de 1879. A inauguração do novo edifício ocorreu em 9 de Dezembro de 1880.

Constituída entretanto a Associação do Teatro D. Maria Pia, os seus estatutos foram aprovados a 2 de Julho de 1880, pelo Governador Civil, Barão de Viamonte, depois de discutidos e aprovados em Assembleia Geral dos accionistas a 24 de Maio de 1880. Desses Estatutos constava que «o fim da sociedade é promover o recreio dos sócios por meio de representações e outros divertimentos no teatro D. Maria Pia».

Novos estatutos foram aprovados pelo Governador Civil, João Ferreira Dias Moreira, a 28 de Janeiro de 1954, também depois de discutidos e aprovados em assembleia de 9 de Dezembro de 1952 e sucessivamente rectificados a 9 de Janeiro de 1953 e a 11 de Dezembro de 1953. Destes novos estatutos constava como objectivo «levar a efeito a remodelação do edifício social e nele fazer a exploração directa de espectáculos públicos, de Teatro e Cinema ou quaisquer outras diversões de carácter cultural, artístico ou recreativo, ou indirectamente, arrendando o edifício quando o seu Conselho de Administração o entenda conveniente, com fins ideais».

Uma importante polémica viria, no entanto, a afectar o futuro desta Associação. É que, depois de demolido o edifício do velho teatro, a Câmara de Leiria reivindicou a posse do terreno e não deixou reconstruir o edifício no mesmo local. O teatro viria a funcionar provisoriamente num barracão de madeira ao fundo do Jardim, e só o aparecimento em Janeiro de 1966, noutro contexto, do Cine-Teatro José Lúcio da Silva, colocaria um ponto final neste processo complicado e polémico.

A Associação do Teatro D. Maria Pia ainda encetou diligências, durante alguns anos, na década de 60, para construir e explorar uma piscina em Leiria, o que conseguiu em 1967 por troca, com a Câmara, do terreno onde se encontrava montado o "barracão" do cinema, com terrenos adquiridos pela edilidade no Arrabalde da Ponte. A Associação acabou por explorar as piscinas no que constituíu a sua primeira fase de construção, após o que, por falta de condições para continuar com as obras, vendeu o complexo à Câmara Municipal de Leiria.
Custodial history
Esta documentação esteve sob custódia de um dos associados, Hasse Boavida, que entregou uma parte ao Arquivo Distrital de Leiria e outra parte à Câmara Municipal que a custodiou até 30-07-1997.
Acquisition information
Uma parte do fundo entrou em 26-06-1975 directamente do sócio; outra parte em 30-07-1997, através da Cãmara Municipal de Leiria.
Scope and content
Este fundo documental compõe-se de correspondência, actas, projectos relacionados com o edifício do teatro, contabilidade, inventários, estatutos, comemoração do 6º aniversário da inauguração do Teatro, acções do teatro, recortes de imprensa, implantação da piscina, registo de sócios e documentos do STAL.
Arrangement
Para este fundo foi criado um quadro de classificação constituído pelas seguintes secções: Constituição e regulamentação; Contencioso; Orgãos da associação; Serviços administrativos; Pró-arte; Actividades; Imagética.

Possui ainda dois subfundos: Piscinas de Leiria;Teatro de São Pedro
Language of the material
Português